Bráulio Estima na superluta com Andre Galvao em 2013. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Astro do Jiu-Jitsu com três ouros no ADCC (peso, absoluto e superluta), Braulio Estima é um atleta que sabe jogar bem com as regras atípicas da competição de Abu Dhabi. Desde 2013 sem participar de competições da organização, o faixa-preta da Gracie Barra se prepara para encarar o jovem e ávido Leandro Lo, em superluta que rola no ADCC West Coast Trials, realizado no próximo dia 15 de abril, nos EUA.

Para levar a melhor sobre o imparável Lo, Bráulio tem ao seu favor, além do conhecimento do formato de regras e estratégias, a experiência como competidor que já enfrentou todas as adversidades possíveis no tatame. GRACIEMAG conversou com a fera para tentar descobrir o que ele tem na manga para superar o líder da Brotherhood. Confira!

GRACIEMAG.com: O que você pode dizer do Leandro Lo? Você já estiveram juntos algumas vezes. O que dá para lembrar de útil para a disputa no ADCC?
Bráulio Estima: Já treinei com ele algumas vezes lá em Abu Dhabi, há uns quatro anos atrás, quando estávamos treinando o xeque. Mas desde então, a gente não treinou muito, só nos encontramos como amigos em seminários pelo mundo. Treino mesmo não houve.

E pelo que você já conhece do jogo da fera, dá para analisar ou fazer uma projeção do que terá pela frente no dia da superluta?
Embora o Leandro seja bem conhecido pela guarda dele, eu acredito que ele tenha uma passagem muito forte, principalmente de kimono. Acredito que sem o kimono a guarda dele será mais potente, então temos que ver um jogo de tática, já que o ADCC é bem diferenciado pelo fato de que nos primeiros minutos não tem pontuação e nos minutos seguintes tem. Valem outros tipos de chaves, que é uma coisa diferente do Jiu-Jitsu competitivo atualmente.

E o que o Bráulio Estima pretende trazer para surpreender o Leandro Lo e garantir a vitória?
Acho que não existem muitas maneiras de surpreender o Leandro Lo, exceto usar a experiencia e combinações que o coloquem numa posição de vantagem. Ele está disposto, participando de várias competições, e eu vou precisar usar minha experiencia de acordo com o estilo de jogo dele. Botar ele em situações que ele nunca esteve antes e deixar ele desconfortável por mais tempo possível.

Source: GracieMag